Em 1962, Luiz Nozoie vendia sorvetes para a criançada na região do Jardim da Saúde. Mas o refrigeradores logo ganharam outra função, que agradou aos adultos: eles deixavam as cervejas bem geladas, no ponto.

Nozoie, então, decidiu abrir o bar, que continua com ambiente despretensioso e virou clássico no bairro.

O cardápio sugere petiscos para acompanharem a cerveja. Os mais clássicos são os pastéis, que têm recheios como o de camarão e Catupiry, mas o menu também lista rã à milanesa, tempurá de camarão e espetinho de filé de peixe, entre outros.