Toquinho

Difícil pensar em MPB e não lembrar do Toquinho, né? “Tarde em Itapoã” e “Aquarela”, por exemplo, são aquelas clássicas que todo mundo tem na ponta da língua. Elas aparecem no show de Toquinho na Casa Natura Musical.

Além dessas músicas, o repertório também traz “Que Maravilha”, considerado pelo próprio músico como seu primeiro sucesso.

Toquinho convida para dividir o palco a cantora Camilla Faustino, voz recente da MPB que vem acompanhando o cantor desde que venceu um concurso de talentos no canal de televisão SBT. A nova representante da música popular brasileira já divulga seu primeiro álbum “Bossa Sempre Bossa”, onde interpreta clássicos do gênero.

A carreira de Toquinho tem números impressionantes. Em 50 anos de estrada, completados em 2019, o cantor e compositor gravou 84 álbuns, tem mais de 450 composições e ultrapassou a marca de 8.000 shows no Brasil e no mundo.

Apesar de grande (cabem até mil pessoas), a Casa Natura tem ambiente bem aconchegante: antes de os shows começarem, a luz fica baixa, e as paredes são revestidas por taipas e plantas. No andar de cima, fica o mezanino, de onde é possível ver os shows dos sofás – a proteção é de vidro (em vez das comuns barras de ferro), então a visibilidade do palco não é afetada.


Veja mais