Que tal curtir o Dia dos Namorados com músicas românticas de Roberto Carlos e Erasmo Carlos? Essa é a proposta de Arrigo Barnabé, que leva o show performático “Quero que Vá Tudo pro Inferno!” à Casa de Francisca, no centro da cidade.

Para embalar os casais, o repertório tem canções românticas, a exemplo de “Como é Grande o Meu Amor por Você”, “Gatinha Manhosa”, “Os Seus Botões”, “Eu Te Darei o Céu” e “Detalhes”. Mas o setlist também tem músicas mais irreverentes: “Quero que Vá Tudo para o Inferno”, “Sua Estupidez”, “Se Você Pensa” e “Vem Quente que Eu Estou Fervendo”, entre outras.

Arrigo Barnabé começou sua carreira no fim da década de 1970 e foi um dos nomes importantes da Vanguarda Paulistana, movimento musical que tomou São Paulo nos anos 1980. Sempre testando novas sonoridades, Barnabé ficou conhecido por mesclar música erudita a ritmos populares e a letras sobre a vida agitada nas grandes cidades.

Também ator, Barnabé já homenageou alguns músicos e artistas ao longo de sua carreira. Além de Roberto e Erasmo Carlos, o músico fez tributos a Arthur Bispo do Rosário, Itamar Assumpção e Lupicínio Rodrigues.

Antes do show, a Casa de Francisca oferece um jantar especial de Dia dos Namorados. Localizada no Centro de São Paulo, a casa tem como filosofia valorizar a diversidade musical e o comprometimento artístico. Por lá, se apresentam artistas consagrados e também novos talentos em ascensão. Dependendo do show (com músicas mais agitadas ou mais lentas), o público se acomoda em mesas ou fica de pé.

O prédio é um patrimônio histórico recém restaurado e tem salão, varanda, bar e cozinha. De terça a sexta e aos sábados, com música ao vivo, a Casa de Francisca também oferece almoços.