Há quem ache arriscado abrir um restaurante fora dos eixos mais gastronômicos de São Paulo, como Pinheiros e Jardins. Mas o libanês Stephan Kawijian inaugurou seu Sainte Marie Gastronomia lá para os lados do Taboão da Serra. Deu certo: seja pelo seu atendimento para lá de simpático (Kawijian é conhecido como “o fofo”) ou pela sua culinária de primeira, o chef atrai o público para fora das zonas mais conhecidas da cidade.

O menu evidencia as receitas árabes – Kawijian nasceu no Líbano e cresceu na Líbia -, mas inventivas. O sucesso absoluto é o quibe montado: uma torre formada por camadas de quibes cru e frito, tabule e coalhada, além de cebolas caramelizadas no topo.

Mas aparecem por lá ainda pratos inspirados em outros países, como Espanha, França e Grécia (tem moussaka com carne de cordeiro).

Dica: dê uma olhada nas receitas que podem ser levadas para casa, para quando a fome bater mais tarde.