A cervejaria belga Hoegaarden escolheu o bairro de Pinheiros para abrigar o primeiro bar que abriu no mundo. Inaugurado em março de 2019, o Greenhouse (“estufa”, em inglês) é mesmo cercado por verde: são mais de 260 plantas que convivem pacificamente com as cervejas.

O chope próprio da marca, com base de trigo, chega em um copo decorado com uma fatia de laranja, que destaca o sabor frutado da bebida.

Outras boas pedidas são os chopes india pale ale, feito ao estilo belga (com menos lúpulo e mais trigo) e a blond ale. Ambas são feitas nos tonéis da parente Goose Island, que fica ali próxima, no largo da Batata.

A carta de drinques exibe receitas que têm a cerveja como ingrediente. É o caso do Gaarden Fresh, que ainda leva vodca, suco de limão e jerez.

O menu de comes é enxuto e oferece tartines e snacks (servidos só após as 19h), como a massa folhada recheada com queijo brie e acompanhada de mel de laranjeira.

Ao sentar nas mesas, nem precisa esperar o garçom: nos fundos do bar, há duas máquinas de autoatendimento. Basta encostar a comanda eletrônica ali, pagar com o cartão e retirar o recibo. Depois, é só buscar o chope ou o petisco no balcão.