É a nova empreitada da chef Tássia Magalhães (também do Rio.e.ria), que comandou a cozinha e foi sócia do restaurante Pomodori por muitos anos. O Fabbrica Illegale tem ambiente despojado (é decorado por grafites) e serve receitas de acento italiano (e, vez ou outra, francês).

Charmosos, os pratos chegam à mesa em panelinhas. É o caso dos risoni com lula e chorizo e do polvo grelhado com risoto de cúrcuma da terra.

Opção de entrada, a polenta é servida em uma tábua e vem com ragu de linguiça e fonduta de parmesão.