O Instituto Moreira Salles recebe a exposição “Marc Ferrez: Território e Imagem”, que remonta a obra do fotógrafo realizada por todo o país ao longo de mais de 50 anos de atuação, entre 1867 e 1923.

Ferrez percorreu regiões do Nordeste, Norte e Sudeste como fotógrafo oficial da Comissão Geológica do Império do Brasil e as regiões Sul e Sudeste como fotógrafo das principais ferrovias em construção e modernização daquele momento. Além disso, ele também foi responsável por documentar a capital do Império, o Rio de Janeiro, e o seu entorno durante o período.

A exposição conta com mais de 300 itens que vão além da fotografia: são álbuns, negativos de vidro, estereoscopias, autocromos, câmeras e equipamentos fotográficos, documentos originais e correspondências, discute o papel da imagem fotográfica no processo de exploração do território nacional, em suas diversas regiões, e de sua construção e consolidação como ideia de nação, em especial durante o Segundo Império e início da República.

Horário de funcionamento: Terça e quarta e de sexta a domingo, das 10h às 20h. Quintas, das 10h às 20h. Grátis. Até 21/7.